segunda-feira, julho 11, 2005

Os Monstros!

(Texto totalmente surripiado do blog vidadecasado - que consta nos links que ainda não estão a funcionar... o link NÃO revela intenção de casar por parte do "dono desta merda" - antes pelo contrário - mas destaca, isso sim, a qualidade inegável do mesmo...vem no seguimento do artigo das mamas...digo, seios...digo...fica dada a explicação!)


Como as mulheres vêem os homens


? Os monstros insensíveis nunca têm razão;
? Os monstros insensíveis são incapazes de mudar;
? Os monstros insensíveis nunca vêem a perspectiva correcta das coisas, ou seja, a das mulheres;
? Os monstros insensíveis não se preocupam em tentar resolver os problemas;
? Os monstros insensíveis não são coerentes;
? Os monstros insensíveis só percebem que não têm razão quando nós choramos;
? Os monstros insensíveis quando parecem ter razão é porque de certeza que mudaram de assunto;
? Os monstros insensíveis nunca sabem o que se passou na discussão que houve há três meses ou três anos ou noutra data distante no tempo;
? Os monstros insensíveis não sabem ler na nossa cara o que lá está escrito;
? Os monstros insensíveis julgam que nós adivinhamos os seus pensamentos;
? Os monstros insensíveis não aceitam um porque sim ou porque não, ou seja, são densos;
? Os monstros insensíveis depois da discussão terminar pensam que podem ter sexo.

1 comentário:

Margarida Celeiro disse...

Esta história é capaz de ter um quê de verdade! Ou então eu é que não tenho tido muita sorte com os exemplares que me têm aparecido...